Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Começar a fazer o luto!

por Carina, em 09.01.14

« Partiste sem que nos pudéssemos despedir, sem me deixar dizer-te uma última vez “porta-te bem” – quando sabia perfeitamente que foi isso que fizeste toda a tua vida, mesmo com a injustiça com que ela sempre te tratou, trabalhaste tanto e tão cedo a vida te roubou a liberdade, os movimentos, a autonomia.

Sou a mais velha dos teus 7 netos e portanto aquela que mais sorte teve porque conheci o verdadeiro António Pereira – bem-disposto, honesto e simples – tive a honra e o prazer de te chamar de avô e de sentir que me amavas incondicionalmente.

Infelizmente a vida foi-te injusta e os mais pequenos não conheceram este avô maravilhoso que a vida lhes deu. O que viram foi um homem imóvel quando a única coisa que nunca fizeste na vida foi parar. Paraste porque a vida te parou, paraste no dia em que a vida te roubou a própria vida, paraste porque não aguentavas, paraste mas não paraste de lutar e mais que isso não paraste de nos amar.

Deixaste 4 filhos, 7 netos e a avó que sempre esteve do teu lado, um casamento é mesmo isso, na saúde e na doença e vocês viveram um casamento à moda antiga – um amor à antiga. Os teus filhos têm o maior do orgulho no pai que têm, na educação que receberam e por isso são hoje pessoas tão maravilhosas – tão como tu!

Resta-me agradecer por tudo o que me deste e por todos os valores que levo para a vida e que devo a ti.

Estejas tu onde estiveres espero que estejas melhor, que estejas em paz. A saudade consome-nos, mas é esta esperança, que estejas num sitio melhor que nos acalma a alma e nos seca as lágrimas.

Não é um adeus porque sei que todos os dias vais olhar por cada um de nós como sempre fizeste porque sei que continuarás presente e mais que isso, porque estarás para sempre nos nossos corações.

És e serás sempre um orgulho para todos nós.

Obrigada por tudo o que nos deste. Obrigada por teres sido um pai.

Amo-te!

                Ass: “Carinoco”

11/06/2013»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:21

Sweet to the ears*

por Carina, em 06.05.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:17

Sorriso*

por Carina, em 18.03.13
A cada nota que ouço sinto-me mais perto do teu abraço, mais calma, mais perto de ti.

É impossível resistir à paz que me transmites minha Dani. Obrigada!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:27

With you*

por Carina, em 13.03.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:44

Puzzle pieces

por Carina, em 07.03.13
"I don't want to quit, baby I just want to fit. Back together like two puzzle pieces!"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:14

Tenho quem quero ter*

por Carina, em 04.03.13

Num curto espaço de tempo é possível que tudo mude. Em menos de um ano entraram pessoas na minha vida para nunca mais sair, mas saíram pessoas para nunca mais entrar. O vento e o tempo sabem como ninguém quando fazer estas “limpezas”, por mais que nos custe a partida de alguém para longe de nós, para fora da nossa vida. Não aceitamos que nos queiram longe ou que consigam seguir sem nós, mas percebemos que se assim o é, então a presença que temos na vida delas é muito pequena. A vida faz questão que nas nossas vidas só esteja quem merece estar e por isso mesmo a reviravolta que por vezes dá.  

Eu sou feliz com quem tenho porque são esses que quero ter!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

I can't take my eyes off you*

por Carina, em 04.03.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:22

Obrigada*

por Carina, em 27.02.13

A cada um que ocupa um espaço no meu coração e o preenche de forma tão especial. Obrigada! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

Certos um para o outro

por Carina, em 12.12.12

‎" Há uma coisa que sempre disse: o amor não foi feito para aqueles que desistem. Aliás, o amor é um sentimento que gera uma sensação de eternidade. E nessa eternidade o mundo pode parecer-nos estranho, mas nós estaremos sempre certos um para o outro." Pedro Rodrigues


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22

Quero que sejas feliz!

por Carina, em 05.12.12

Hoje é o teu dia e estamos mais longe que nunca. Longe da vista e provavelmente longe do coração. Não vou poder abraçar-te nem dizer-te as mil e uma coisas que te desejo do fundo do coração, nem vou poder ver-te ou tocar-te. Não vou sequer ter a oportunidade de te ouvir. Porque é assim que neste momento os nossos caminhos estão – desencontrados. Paralelos, provavelmente, mas intocáveis.

É um dia feliz, é o teu dia mas o que mais sinto é tristeza. Tristeza pelo que já fomos e tivemos e naquilo em que nos transformámos. Desconhecidas.

Nada daquilo que fomos ou tivemos voltará, não adianta desejar o impossível. Resta-me recordar. Recordar o que já fomos e o que já fui – por ti, por nós. É incrível como uma pessoa pode mudar a nossa vida e tu mudaste – viraste-a do avesso confesso. Vieste e mudaste tudo o que era comum, tudo o que era normal e errado em mim. Deste-me esperança e confiança. Confiança em ti, em alguém alheia ao meu mundo, confiança numa amizade pura e verdadeira. Sem mentiras, sem interesses, sem obstáculos – amizade no mais verdadeiro sentido!

Gosto de ti mesmo quando não gosto. Gosto de ti todos os dias. Gosto de ti pelo que és, pelo que me dás e pelo que me fazes ser mesmo sem estar comigo. Gosto de ti!

Estou chateada, triste e desiludida, mas neste dia nada disso interessa porque quero que saibas que mesmo afastadas desta forma tudo o que te desejo é sincero, é de coração e é o melhor deste mundo. Quero que sejas feliz!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:05


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930




Links

Caixinha de segredos