Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Piece of paradise*

por Carina, em 29.09.11

Ele: "O teu mundo seria mais fácil se eu não voltasse."

Ela: "É verdade. Mas não seria o meu mundo se tu não estivesses nele"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46

Trago amargo

por Carina, em 29.09.11

Chegar a casa e ver o vazio que ela esconde dentro de si dói. Procurar, gritar, chamar por alguém e ninguém responder faz de mim também uma pessoa fria, vazia, abandonada, assim como a casa em que entrei. É triste ver que onde antes existiam milhares de luzes acesas agora existe apenas uma, que indica a presença de alguém no interior, presença essa que não é verdadeira. Tem um trago amargo o sabor da saudade que esta casa me trás, as lembranças e sonhos de todos que nela habitaram e que nela passaram e deixaram em mim. Ainda te vejo aqui deitado na minha cama. Ainda te vejo no teu quarto a gritar a música que ouves, ainda nos vejo no jardim num domingo ao fim de tarde. Já não vos vejo aqui, mas a vossa presença sente-se por toda a casa, ainda tem o vosso cheiro, as vossas forças, o carinho que sinto por todos. Fazem-me falta. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57

Espelho*

por Carina, em 28.09.11

‎"Ao espelho, onde vês o reflexo entre o homem que és e aquele que gostarias de ser, respiras fundo e desejas que essa mulher chegue um dia, não demasiado cedo para te assustar nem demasiado tarde, porque entretanto, pode aparecer outra e tu vais deixar-te ir, convencido de que é essa, e não eu, a mulher da tua vida." MRP

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:53

Quero*

por Carina, em 20.09.11

Quero perder-me no tempo, no espaço e nas horas...quero perder-me e encontrar-me em qualquer esquina, quero sentir a chuva a molhar-me o cabelo, senti-la a lavar-me a alma; quero perder-me do mundo e achar-me onde menos espero, quero ser e não ser ao mesmo tempo. Quero o nada que é tanto, quero-me a mim, quero sorrir. Quero seguir a lua e encontrar o caminho que me leve em segurança para casa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:12

Tenho frio*

por Carina, em 14.09.11

Estou deitada, o teu corpo está imóvel ao meu lado, mas está frio. Não te sinto em mim, não te sinto em ti, não te sinto em mais ninguém. As tuas costas voltadas para mim mostram aquilo que me fazes sentir, que o nosso amor morreu.

Leio as tuas cartas guardadas na minha caixa azul e tua, aquecem-me o coração mas o corpo sinto-o tão frio. Fazem-me voar, sonhar, ir para além daquilo que sou, mas abro os olhos e volto a cair em mim, continuas quieto, frio, longe. Só tu sabes o quanto eu gosto de ti, não deixes cair no chão tudo aquilo em acreditámos - tudo aquilo que nos fez chegar até aqui, juntos. Agarra-me esta noite, sente o tempo que estamos a perder – tenho frio.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:53

Não dances tão longe*

por Carina, em 12.09.11
Queres lutar com quem? P'ra doer aonde? P'ra ser o quê? Achas que ninguém vê?
E p'ra quê fingir? Porquê mentir e remar na dor? Achas que ninguém vê?
Também eu queria parar, chorar, cair... p'ra me levantar, p'ra te puxar! Te fazer sorrir, não voltar a cair!
Não me olhes assim, continuo a ser quem fui, cada vez mais aqui... não dances tão longe, que eu já te vi...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:06

Coração vs Razão

por Carina, em 12.09.11

Enquanto se envolvia por entre os lençóis para descansar o corpo dorido do dia de trabalho que tivera ela pensava – “Voltar a cometer o mesmo? Voltar a deixar para trás o que realmente quero? Não quero voltar a olhar para trás e sentir que mais uma vez deixei tudo o queria por medo, por cobardia, por egoísmo.”– debruçou-se  para apagar a luz e os pensamentos pareciam mais baralhados que nunca,  o que tinha ela feito? Estaria ela no caminho certo ou cometeria antes disso o maior erro da sua vida?!

Não queria dormir e voltou a acender o candeeiro ao seu lado, não queria ter dúvidas, queria ficar esclarecida em relação a tudo antes de ir dormir mas o coração e a cabeça já estavam tão confusos que não a ajudavam em nada, fazer par ou ímpar pareceu-lhe uma boa opção, mas um tanto ou quanto infantil. O que fazer?! Baseou a sua escolha em princípios tão rudimentares que a levariam ao engano?!

Ele fazia-a sonhar, fazia-a sorrir, era especial, um óptimo companheiro e amigo. Mas o responsável pela confusão instalada era simplesmente das pessoas mais maravilhosas que conhecera, era motivo para sorrisos duradouros, para gargalhadas durante horas, por abraços apertados inconfundíveis.

Temeu mesmo o pior, quis fechar os olhos e voltar a abrir na esperança de ser um sonho mau, mas a confusão cada vez se tornara mais confusa. Este último fazia-a tremer só de pensar nele, tinha sido a última pessoa com quem tinha estado, tinham tido a sua última noite juntos e até ao momento não se conseguira esquecer de tão grande pormenor – quis ignorá-lo mas a razão e o coração não o permitiram.

Depois de escrever no seu diário tudo aquilo que sentia – medos, angústias e alegrias – pousou o caderno, apagou a luz e fechou os olhos com força na esperança que a noite lhe trouxesse uma resposta a esta dúvida do tamanho do mundo que ela mesmo criara. É hora de dormir. Boa noite! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:31

A tua presença*

por Carina, em 11.09.11

Todos os dias sorrio quando acordo, não te tenho a meu lado mas sinto a tua presença como se me abraçasses com muita força, sorrio porque passou mais um dia e eu estive contigo, tu estiveste presente na minha vida e é mais um que vem a caminho. És o meu sol quando o céu lá fora está escuro; és o meu sorriso quando as lágrimas teimam em correr.

Adoro os nossos momentos, os nossos risos, andar de mão dada contigo, ver o pôr-do-sol e sentir que adoras de igual forma todos estes momentos, simples, que me completam tanto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50

"I am here to stay

por Carina, em 08.09.11
"I love this place but it's haunted without you,
My tired heart is beating so slow
Our hearts sing less than we wanted, we wanted
Our hearts sing 'cause we do not know"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Links

Caixinha de segredos