Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E (não) viveram felizes para sempre...

por Carina, em 29.04.11

Um dia disseram-me “vamos ser felizes para sempre” e eu acreditei, vivi nessa ilusão, nesse que era o meu objectivo de vida, ser feliz e retribuir a felicidade que me era dada, até que a certa altura uma “doença” veio e tomou conta de mim, era incontrolável, tinha mais força que eu e deixei-me levar por ela, passava dias fechada em casa a chorar, isolava-me, afastei-me das pessoas que mais me são queridas por não conseguir sair de casa e fiz com que a pessoa que mais felicidade me dava tivesse que fazer o mesmo para puder estar comigo, para poder fazer-me feliz, para ser a minha companhia, a única que queria e aceitava. Sem me aperceber fui perdendo o que era meu e estava a fazê-lo perder também, estava a pôr em causa a felicidade dele, ele vivia para mim, já não tinha a vida dele e por mais que quisesse continuar do meu lado a infelicidade tomou conta dele, sentia-se fraco, triste e infeliz com ele – sim, a razão deste mau estar era meu, era eu que impedia que ele vivesse a vida dele para que estivesse a meu lado sempre que eu precisava. E de repente caiu a verdade à minha frente, eu não estava melhor e ele estava a ficar mal, não estava bem com ele, não podia estar bem connosco e doeu. Doeu saber que tudo foi culpa minha que o nosso “vamos viver felizes para sempre” estava em risco de ter um fim por minha causa, por estar doente, por não dar valor ao que fazia por mim e por nós. E afastámo-nos por um tempo, ele tentou resolver-se com ele mesmo, tentou restabelecer-se com o mundo em que vivia, mas nada obteve frutos, pois era eu a causa de tanta tristeza e infelicidade. Estando longe de mim ele sentia-se melhor, sentia-se “despreocupado” e agora estou a um passo de ouvir um “vamos terminar porque contigo não sou feliz”. Não consigo sequer imaginá-lo a proferir tal frase mas vai acontecer e eu tenho que me mentalizar. Hoje a minha vida deu uma volta de 180º. É muita coisa para alguém que usa demasiado o coração em vez da cabeça. Não posso ficar sem ele, é o meu melhor amigo, é o meu menino especial, é o meu príncipe e o nosso para sempre tem que ser cumprido. Vai ser, eu sei. Mesmo que por agora cada um siga o seu caminho em separado -  porque ele é o menino da minha vida e eu sei que nascemos para ficar juntos. Amo-te cada vez mais e isto vai ser a coisa que mais me vai custar, mas se for para te ver feliz sou capaz de tudo! Diz-me só que tudo valeu a pena. Doí-me o coração e chora-me a alma de saudades de ti.

  


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

Estrela*

por Carina, em 29.04.11

Tenho saudades tuas, do teu abraço que me conforte, que me mexas no cabelo até eu adormecer, que me des beijinhos, que me agarres, que me ignores e me dês toda a atenção do mundo. Tenho saudades tuas minha estrelinha* quero-te rápido aqui comigo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

O Mundo ao contrário*

por Carina, em 29.04.11

"Se gosto de ti,
Se gostas de mim,
Se isto não chega
Tens o Mundo ao contrário" (Xutos e pontapés)


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Links

Caixinha de segredos