Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Até já*

por Carina, em 15.08.11

E chega a hora da despedida… o saudosismo típico português, o relembrar de aventuras e desventuras, os abraços, os sorrisos, as gargalhadas, os gritos, as conversas, a amizade e cumplicidade. Vão levar-me as duas meninas de perto de mim, mas só a distância física nos separará, a minha vida sem vocês não faz o menor sentido.

Em primeiro a garota, que sem juízo, com imensos ciúmes, é sangue igual ao meu, é uma metade de mim…com todas as brigas e discussões guarda bem no teu coração todos os abraços, sorrisos e lágrimas que juntas chorámos. Gosto de ti e quero-te rápido de volta.

A mãezinha, que dizer? Ninguém substitui uma mãe, vou ficar à tua espera com um grande sorriso e de braços abertos para te agarrar com força, vou ser a dona de casa perfeita, vou cuidar de tudo como se fosses tu. Vou sentir tantas saudades do meu pilar principal. Não demores, eu preciso de ti, ainda sou uma menina e não faço questão de largar “as saias da mãe”.

Vou ter tantas saudades vossas, portem-se bem, não se esqueçam de mim. Vou pensar em vocês todos os dias, sempre que olhar para o céu estrelado à noite vou acreditar que vocês estão a olhar na mesma direcção que eu e assim estaremos mais perto.

Até já meninas da minha vida* Amo-vos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:37



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031




Links

Caixinha de segredos