Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



"À dona da alma que podia ser uma cópia perfeita da minha. Mas não é. É original, é a dela. No entanto quando frente à minha, (con)fundem-se. Vêem-se uma na outra. Como um reflexo perfeito. A ela, que chegou sem aviso. E já tatuou o meu coração com um dos desenhos mais bonitos

que eu já vi. E tatuagens como esta são imortais."

http://danielabarreira.blogs.sapo.pt/157428.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41


1 comentário

Imagem de perfil

De Daniela Barreira a 11.04.2011 às 18:51

dos maiores sorrisos que poderia ter, que posso ter! enches-me a alma, por completo. E quando penso que não cabe mais nada de tão cheia, lá vens tu para me dar mais um bocadinho ainda. E quando penso que está cheia, olho para a tua e vejo que afinal cabe muito, cabe o tudo! Porque elas juntam-se, (con)fundem-se e não há nada maior que isso. Cabe tudo, de bonito. Tudo e ainda mais! <3

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Links

Caixinha de segredos